TURISMO

ZMAR : a Fénix renascida

O Eco Resort Zmar renasceu das cinzas e reabriu em junho

2017-06-12
Depois do incêndio, o resort ecológico Zmar reabriu dia 1 de junho, totalmente renovado

O Zmar reergue-se no ano que a ONU declarou como o “Ano do Turismo Sustentável”.

 

O Eco Resort Zmar reabriu ao público no dia 1 de junho, depois de quatro meses de obras de reconstrução dos espaços afetados pelo incêndio do passado mês de setembro.

 

O complexo turístico foi atingido por um incêndio no dia 24 de setembro de 2016, com origem num curto-circuito associado a um equipamento eletrónico. O incidente destruiu toda a zona de restauração, spa e piscinas interiores e obrigou à evacuação do espaço e à retirada de centenas de hóspedes e colaboradores. Apesar dos prejuízos, o empreendimento reabriu num modelo provisório a meio de outubro, encerrando totalmente em janeiro deste ano para dar início às obras de reconstrução das valências afetadas.

 

Otimista por natureza, João Ribeiro Ferreira, administrador-executivo do Zmar desde 2013, admitiu que o incidente foi uma oportunidade para refletir sobre os valores do Zmar e consolida-los junto dos hóspedes e colaboradores.

 

Em maio, num período entre o fim das obras e a abertura oficial, o complexo turístico reabriu num modelo de soft opening para ganhar ritmo e dinâmica, e recebeu convidados, grupos e eventos, nacionais e internacionais, como o Retiro Espiritual em Silêncio de Sri Mooji.

 

O projeto de intervenção ficou a cargo da construtora HCI, da arquiteta Aida Correia e da Colicapela, empresa que forneceu as madeiras provenientes de florestas certificadas onde a sustentabilidade é garantida. Em entrevista ao Mercúrio, João Ribeiro Ferreira, realçou ainda o apoio da Secretaria de Estado do Turismo, do Turismo de Portugal, da Câmara Municipal de Odemira e do Novo Banco.

 

Com o novo Zmar estreiam também novos serviços e espaços, como a Quinta Pedagógica, um espaço com animais e várias atividades direcionadas para crianças, o Centro de Interpretação Ambiental, onde será possível conhecer a fauna e flora local e aprender uma série de técnicas de respeito pela Natureza e novo Programa de Reciclagem com soluções de reciclagem e sustentabilidade ambiental que passa pela reutilização de materiais para decoração, separação de lixos e reaproveitamento de resíduos. Há ainda novas áreas de chill-out junto ao deck e à piscina exterior, uma nova piscina interior de ondas e quatro novas áreas de restauração, com destaque para o Frezco Biztro, um restaurante gourmet onde poderá desfrutar de refeições cuidadosamente preparadas pelo Chef Carlos Bernardo. No Verão, os hóspedes e visitantes do Zmar podem ainda contar com um novo programa de animação à responsabilidade da produtora de eventos Paulo Magalhães Produções.

 

Sobre o futuro da empresa, o administrador adiantou que “o grande objetivo é afirmar o Zmar como um Eco Resort de referência em Portugal, através da diferença e da criatividade”. Imagine, conceito que reúne os valores do Zmar, propõe uma forma diferente e criativa de surpreender as pessoas através da força da Natureza e convida todas as pessoas a desfrutarem de um turismo sustentável com conforto e qualidade.

 

João Ribeiro Ferreira destacou também o respeito que o Zmar tem para com a região. Segundo o administrador, os residentes do Concelho de Odemira continuarão a ter um desconto de 50% na visita diária, mediante a apresentação de comprovativo de residência. A população local poderá ainda usufruir, num futuro breve, do novo ginásio, que conta com um acompanhamento personalizado e uma orientação de treino do Personal Trainer Vitor Mareco.

 

No dia 17 de junho haverá ainda uma Festa de Reabertura, um evento onde estarão presentes convidados especiais e figuras públicas, que terá como tema a Ecologia como uma tendência do século XXI. Durante todo o fim-de-semana haverão ainda várias atividades desportivas e de bem-estar, um workshop de alimentação saudável com o naturopata Cátia Antunes, piqueniques e várias atividades para crianças.

 

Beatriz Silvestre