JOAQUIM & LIBERDADE

Recôndito, Predito, Dito

No Recreio

2017-12-11
Humor no Mira

RECÔNDITO

- Joaquim, chega-te aqui para o pé de mim...

- Então, Liberdade, o que é que te deu agora?

- É que está frio, homem!

- Ah, pronto. O clima anda todo alterado, Liberdade. Qualquer dia não se pode viver no interior do concelho de Odemira.

- Tens razão, Joaquim. Chamam-lhe o aquecimento global!

- É verdade só que neste caso estou a referir-me ao esquecimento total.

 

 

 

PREDITO

- Já temos licença para construir a casita, Liberdade?

- Não senhor, Joaquim. Até enviei um e-mail a perguntar em que fase é que está o projeto, no início do ano, e ainda não tivemos resposta.

- Eh, isso é normal, mulher.

- Ah, é? E será porquê?

- É que lá ainda andam a tentar decifrar a escrita do Sudoeste para poderem responder às cartas de pedra. A seguir, ainda vão responder às de papel e só depois é que vão ao e-mail.

 

 

 

DITOS

– Vais votar em quem, Joaquim?

- Como assim? Vai haver eleições outra vez, Liberdade?

- Parece que sim. Bem, pelo menos as ruas estão cheias de campanha.

- Mas eleições para o quê?

- Autárquicas. 

- Ah! Já entendi. Não vai haver eleições nenhumas. Isso é um concurso entre o PSD e a CDU a ver quem é o último tirar os cartazes que andaram a espalhar pelo concelho durante a campanha das últimas eleições.