OBRAS PÚBLICAS

Projecto “Qualificar São Teotónio” sem fim à vista

Variante Interna, Parque Urbano e Centro Escolar por terminar

2018-02-28
Apenas uma obra concluída desde 2013

Em Março de 2013 – ano de eleições autárquicas – foi apresentado o projecto “Qualificar S. Teotónio” que incluía os projectos da Variante Interna e Parque Urbano, Centro Escolar e Jardim Público da Quinta da Elsa, no auditório da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

 

Passados quase cinco anos da apresentação do projecto, conclui-se que a única obra terminada é o Jardim Público da Quinta da Elsa, junto à GNR. Esta obra, constituiu a proposta vencedora do Orçamento Participativo do Município e foi inaugurada em Julho de 2016.

 

Anunciado pela Câmara Municipal de Odemira em 2013, a Variante Interna e Parque Urbano implicaria um investimento global que ascenderia a 1,2 milhões de euros, “assumido pelo Município, Junta de Freguesia de São Teotónio e proprietários do terreno”. Face ao desenvolvimento urbano de São Teotónio foi necessário dar resposta com uma via de atravessamento, servindo a zona do Mercado, escolas e extensão de saúde. Cinco anos depois, as obras parecem não ter avançado. O Parque Urbano mantém-se intacto e a Variante, já aberta ao público durante uns tempos, voltou a fechar para ser coberta de alcatrão.

 

O Centro Escolar, um projecto que visa a construção de um edifício para o primeiro ciclo do Ensino Básico no recinto da Escola Básica 2, 3 Eng.º Manuel Rafael Amaro da Costa, foi avaliado em 800.000€ e parece ainda não existir também qualquer intervenção.

 

O MERCÚRIO tentou apurar informações relativas à construção da Variante e Parque Urbano e ao Centro Escolar com a Junta de Freguesia de São Teotónio (regida pelo Partido Socialista) e com todas as outras forças políticas da oposição. Até à hora do fecho desta edição, só o Núcleo  Concelhio do Bloco de Esquerda enviou resposta com o seguinte teor:

 

“Relativamente à Variante e Parque Urbano, as obras estruturantes e que permitam melhorar as condições de mobilidade e bem-estar são sempre importantes para o desenvolvimento e qualidade de vida da população de São Teotónio.

 

Relativamente ao Centro Escolar, tal como outros centros escolares no concelho, é uma obra necessária para toda a comunidade escolar da freguesia de S. Teotónio. O contínuo crescimento do número de alunos e a nova realidade demográfica da freguesia, justificam o investimento e a construção de um novo centro escolar.

 

Estranha-se, no entanto, que sendo obras necessárias e apresentadas há cinco anos, não se veja o seu resultado. Parece que se pensa mais no aproveitamento político e em propaganda do que na efectiva concretização dos projectos.

 

Devido à falta de informação e transparência, a generalidade da população e também o Bloco desconhece se o projecto está de acordo com o apresentado em 2013 ou se o que aí virá será algo de substancialmente diferente.”

 

 

 

AS PERGUNTAS QUE FICARAM POR RESPONDER

pela autarquia (PS) e pelas restantes forças políticas:

 

 

Relativamente à Variante e Parque Urbano:

Na sua perspectiva, qual a real necessidade desta obra? 

Na sua perspectiva, que benefício a variante pode trazer aos são teotonienses e a quem visita a vila?

Quando é que começou a obra da Variante? 

E o Parque Urbano tem previsão de início de obra? 

Que motivos levaram ao frequente ‘para-arranca’ da obra? 

Qual a previsão para o término da obra da variante? 

E do Parque Urbano? 

 

Relativamente ao Centro Escolar de S. Teotónio:

Na sua perspectiva, qual a real necessidade desta obra? 

Não se poderia recuperar a escola existente, modernizando-a? 

A obra já teve início? Se não, para quando está previsto ser iniciada? 

Qual a previsão do seu término?

 

 

Dário Loução (não usa AO)