HOMENAGEM

Três advogados de Odemira distinguidos pela Ordem dos Advogados

Presidente do Conselho Regional de Évora entrega as placas de homenagem

2018-03-28
Homenagem a três advogados do concelho de Odemira - Dra. Maria do Céu Proença, Dra. Zulmira Helena Alves e Dr. Manuel Coelho - teve lugar no passado dia 14 de março, no auditório do Crédito Agrícola, S. Teotónio

A sessão solene, teve lugar no passado dia 14 de março, no auditório do Crédito Agrícola, S. Teotónio e foi uma organização do Conselho Regional de Évora e da Delegação de Odemira presidida pela Dra. Maria Teresa Gaspar. Decorreu por ocasião da visita do Bastonário da Ordem dos Advogados, Dr. Guilherme Figueiredo ao Concelho de Odemira que visou o “conhecimento da realidade da advocacia local”, segundo informação no sitio da Ordem dos Advogados.

 

Em declarações ao MERCÚRIO, Maria Teresa Gaspar diz ter “ficado profundamente grata” pela disponibilidade do Sr. Bastonário da Ordem dos Advogados em ter aceite o seu convite. “Para nós, advogados de Odemira e delegação, é muito importante esta visita para nos afirmarmos enquanto instituição representativa de uma classe profissional.”

 

Aos homenageados, Dra. Maria do Céu Proença, Dra. Zulmira Helena Alves e Dr. Manuel Coelho, foram entregues uma placa da homenagem do momento e “por graça” uma cópia do boletim da sua inscrição na Ordem dos Advogados.

 

Dra. Zulmira Alves foi descrita como uma mulher “com um coração grande e uma pessoa de afetos e que faz da oratória o seu dom”. À Dra. Maria do Céu Proença foi destacada a sua prestação na delegação, “uma mulher capaz de impossíveis e profundamente dedicada pela causa do advogado”. Quanto ao Dr. Manuel Coelho “marcou a vida de muita gente não só como professor mas também como advogado, uma pessoa que hipotecou a sua vida pessoal em prol da profissão e que marcou todos os colegas transversalmente”.

 

Nas palavras do Sr. Bastonário “quando uma comunidade se junta e pretende homenagear significa que estamos perante pessoas singulares que fazem a marca de uma geração e a marca de uma vida e isto significa que o que está aqui pressente são condições de uma conduta ético-deontológica irrepreensível e uma ligação às pessoas do ponto de vista afetivo fundamental e uma participação ativa na comunidade em que se integram”. Guilherme Figueiredo referiu ainda que leva alguns recados de que fará denúncio daquilo que são os desejos e as vontades de Odemira”.

 

Para além do Sr. Bastonário, da Presidente da Delegação de Odemira, na mesa, estiveram ainda presentes o Presidente e a Vice Presidente do Conselho Regional de Évora da Ordem dos Advogados e o Presidente do Agrupamento de Delegações de Santiago do Cacem.

 

Na plateia encontravam-se cerca de meia centena de pessoas entre familiares e amigos, colegas da profissão e representantes das autarquias (Presidentes de Câmara Municipal, Assembleia Municipal e Junta de Freguesia), do Crédito Agrícola, dos Bombeiros Voluntários de Odemira, entre outros ilustres convidados.