EDUCAÇÃO

EPO integra órgãos sociais da ANESPO

Tomada de posse amanhã dia 13 de abril

2018-04-12
A Associação Nacional das Escolas Profissionais congrega hoje a maioria das escolas profissionais

A EPO – Centro Escolar e Empresarial do Sudoeste Alentejano, entidade proprietária da Escola Profissional de Odemira, foi eleita como vogal do conselho fiscal da ANESPO – Associação Nacional das Escolas Profissionais, no passado dia 6 de Abril, onde será representada pelo Presidente do Conselho de Administração Paulo Barros Trindade, como membro efetivo e pelo Vogal do Conselho de Administração Paul Dolleman, como membro suplente.

 

Esta é uma oportunidade importante para que a EPO se aproxime mais das dinâmicas nacionais do ensino profissional, aumentando a sua capacidade de reivindicação por um maior grau de cumprimento por parte do Estado das responsabilidades assumidas com as escolas profissionais e por melhores condições para o ensino profissional.

 

A tomada de posse dos órgãos sociais irá realizar-se amanhã, 13 de abril, numa cerimónia em Lisboa, com a presença do Sr. Ministro da Educação.

 

A Escola Profissional de Odemira, a formar profissionais desde 1990, foi criada para responder às necessidades e às prioridades do desenvolvimento local e regional, desenvolvendo um processo de ensino/aprendizagem assente num sistema modular, onde o aluno é o centro do processo pedagógico, permitindo diferentes ritmos de aprendizagem, que variam em função não só da estrutura cognitiva, mas também dos interesses, das motivações e dos conhecimentos veiculados pela chamada “escola paralela” valorizando saberes adquiridos na Escola ou fora dela.

 

A ANESPO – Associação Nacional de Escolas Profissionais, foi criada em Fevereiro de 1991, na sequência de um processo apoiado não só pelas Escolas Profissionais que já existiam, na altura, mas também por um conjunto de personalidades ligadas à Educação e à comunidade empresarial que viram no ensino profissional um importante fator de coerência e desenvolvimento da qualidade.