FORMAÇÃO

Avelino Pereira antigo aluno da Escola Profissional de Odemira

Subchefe de cozinha do Tui Blue Falésia

2018-06-20
O MERCÚRIO foi ao encontro de alunos que depois de terminado o seu percurso escolar na EPO têm ganho notoriedade no seu trabalho

O MERCÚRIO foi ao encontro de alunos que, depois de terminado o seu percurso escolar na EPO, com o passar do tempo, têm ganho notoriedade no seu trabalho

 

 

Subchefe de cozinha do Tui Blue Falésia, em Albufeira, ex-aluno e actual formador da Escola Profissional de Odemira, Avelino Pereira frequentou o Curso Profissional de Restauração (Vertente Cozinha e Pastelaria) no triénio 2004-2007.

 

Avelino Pereira recorda que, nessa altura, optou pela Escola Profissional de Odemira pois é a escola presente no concelho que proporciona, para além dos estudos, a hipótese dos alunos terem uma profissão e entrarem facilmente no mercado de trabalho. 

 

Em relação à área de Cozinha e Pastelaria, Avelino confessa que “já tinha a paixão desde pequeno”. Aos dez anos começou a cozinhar em casa, inicialmente só para ajudar a quem o fazia e, com o passar do tempo, refere que “já confeccionava as refeições para a família com frequência”. 

 

A EPO foi também o principal motor que despoletou a paixão pela cozinha, recorda Avelino. “Quando terminei o meu último estágio, na Irlanda, durante três meses, comecei logo a trabalhar na área da cozinha, num hotel onde também já tinha feito estágio”, o ex-aluno relembra que estava em Outubro de 2007 e que nunca pensou conseguir emprego naquela altura, tendo em conta a época baixa no Algarve.

 

Em relação à Escola Profissional de Odemira, Avelino como ex-aluno acredita que na nossa vida existe uma série de factores que nos vão ajudar a definir a nossa personalidade e que “neste caso, a escola foi uma influência muito positiva… Já passaram onze anos e ainda sinto que estou em dívida com a EPO, isto porque a escola deu-me a oportunidade de realizar um intercâmbio da Roménia, um estágio na Irlanda e num dos melhores hotéis do Algarve”, reforçando que todas estas oportunidades constituíram, em primeira instância, a hipótese de iniciar a sua carreira.

 

Quanto aos Cursos Profissionais, Avelino lembra que todas as disciplinas são importantes para a formação dos alunos e que todas as disciplinas na área de Cozinha e Pastelaria, são fundamentais para a absorção de todo o conhecimento para depois poderem aplicar na formação em contexto de trabalho ou já na vida profissional.

 

Os estágios constituem o grande ponto forte na formação dos alunos da EPO, Avelino aconselha: “não vejam o estágio como um trabalho em que não são pagos, mas sim como uma hipótese de aprendizagem e de evolução. É aí que vai ser o vosso ponto de partida para a vida profissional. Se forem bons estagiários, existe a hipótese de virem a ser funcionários dessa empresa… Tal como aconteceu comigo.”

 

No final, Avelino reforça que é preciso empenho e dedicação desde que se entra na EPO até à sua saída, para que no final tenham oportunidades como esta. Avelino deixa ainda um agradecimento à EPO, dizendo que aqui se “aprende com os melhores, para sermos melhores.” 

 

 

Dário Loução (não usa AO)