Vídeo promocional da Rota Vicentina distinguido com mais um prémio “Amor a esta Terra” vence em duas categorias no Festival Internacional de Cinema de Turismo ART&TUR

Marta Cabral, Directora Executiva da Rota Vicentina, ao lado de Danilo Warick, realizador do filme, e Mariana Castelo Branco, Presidente do Júri do Festival ART&TUR, recebeu os prémios em representação da associação. | FOTOS: ART&TUR

Primeiro prémio internacional na categoria de “Turismo Sustentável” e o segundo prémio na categoria de “Turismo Activo”

O novo vídeo promocional da Rota Vicentina (RV) “Amor a esta Terra – Fall in Love with this Land” foi duplamente premiado no Festival Internacional de Cinema de Turismo ART&TUR, no passado dia 25 de Outubro, em Torres Vedras. Assim se inicia o comunicado da associação, referindo que a categoria internacional de “Turismo Sustentável” era a “mais desejada para a equipa”, a este juntou-se um galardão que evidencia a importância do turismo activo sempre patente no espírito da RV.

A ideia base do argumento do filme agora premiado era vincular as prementes inquietações ambientais ao amor pela região que a RT atravessa, a Costa Alentejana e Vicentina, apresentando vários testemunhos desta vivência singular de apego à terra. O filme de cinco minutos, realizado por Danilo Warick, da produtora Zoe Films, reflecte sobre o futuro da região de um modo sustentável, expressando formas para o equilíbrio entre o usufruto da natureza e a sua preservação, que cabe não só aos residentes como aos turistas, portugueses e estrangeiros, que optam pela presença neste território distinto e a todas as instituições que o suportam.

O vídeo segue já uma carreira notável, com várias honras internacionais, onde se destaca a presença em Cannes, em Setembro passado, nos prémios dedicados à comunicação corporativa e televisão, integrando a shortlist para os prémios de turismo, superando centenas de filmes de todo o mundo. Este é também uma rotina a que associação se habituou, já que o seu filme promocional “Rota Vicentina – Two Steps to Freedom”, que lançou a RV em 2012, e do mesmo realizador, teve 11 distinções em festivais nacionais e internacionais, cinco dos quais no ART&TUR de 2013.

ANO DE AMPLIAÇÃO

2019 chegou como um ano de grandes novidades. Para além de estender a sua oferta em mais de 300 km de itinerários pedestres, com os mais recentes opções circulares ou de ligação aos trilhos principais, a RV apresentou este ano novos percursos para bicicleta, para BTT ou touring bikes, estabelecendo um sistema de trilhos com mais de 1000 km de distância, num projecto desenvolvido em parceria com o Município de Odemira e objecto de uma candidatura de financiamento europeu “Alentejo 2020”.

Tendo o seu alicerce na trama de caminhos que alinhou ao longo do sudoeste de Portugal, a RV é uma associação com sede na vila de Odemira, sustentada no Turismo de Natureza, e conta com mais de uma centena de membros, com empresas locais nas áreas de alojamento, restauração, actividades turísticas e serviços, percorrendo toda a rede de trilhos que se propaga agora desde Santiago do Cacém até à mais recente extensão da linha do Trilho dos Pescadores, que ultrapassou Sagres terminando na estação ferroviária de Lagos, perfazendo actualmente cerca de 720km de trajectos inteiramente sinalizados onde se pode caminhar.

Com esta ampliação, a RV alonga a sua oferta a um público mais vasto, amantes do desporto de natureza e turismo activo, que podem agora explorar a região em duas rodas, usufruindo igualmente dessa malha de associados distribuídos pela região.

O FILME


SOBRE O FESTIVAL

As peças em barro que compõem os prémios ART&TUR foram criados pelo atelier VianaCabral.

O Festival ART&TUR, realizado este ano em Torres Vedras, foi lançado em Barcelos em 2008 e dá a conhecer ao mundo as melhores produções audiovisuais de turismo realizadas dentro e fora de Portugal, tendo alcançado desde as primeiras edições um elevado reconhecimento internacional, perante a qualidade dos filmes apresentados e distinguidos anualmente.

Contando com diversas parcerias, o ART&TUR integra também o Comité Internacional dos Festivais de Filmes de Turismo (CIFFT), certame que elege todos os anos o melhor filme de turismo a nível mundial, selecionado numa rede de 16 festivais congéneres e integrados numa plataforma comum, da qual o ART&TUR faz parte. Encontrando-se desde 2018 sob a alçada da CPFC – Centro de Portugal Film Commission, foi estabelecido um acordo com a ERT Centro de Portugal para a realização itinerante do festival nos próximos anos nos municípios do centro do país, estando já planeadas edições para Viseu, em 2020, e em Aveiro, no ano seguinte.

About the Author

Em 2015, mercúrio nascia em Odemira como jornal mensal em papel; libertando-se para uma existência apenas digital, com uma presença online renovada e dinâmica, quatro anos depois, corria o mês de Outubro.

Leave a Reply