O petisco ou as entradas, antes de uma boa refeição, são formas de receber que muito caracterizam os portugueses. Tornam-se, por vezes, verdadeiros rituais.

O pão é um dos alimentos que fazem parte da cultura dos alentejanos. O pão regional alentejano, em particular aquele que ainda é feito de forma caseira, que se coze nos tradicionais fornos de lenha, é reconhecido em todo país. O concelho de Odemira é muito rico em pão deste tipo de qualidade.

O queijo alentejano, conforme a época, a zona e o gosto, podem ser de cabra ou de ovelha, frescos ou curados, mais duros ou de entorna. Neste caso também, os mais preferidos são também aqueles de produção caseira.

Os enchidos alentejanos mais apreciados são os de Porco Alentejano, nomeadamente a linguiça, o chouriço e a farinheira, mas também, o paio, a paiola e a cupita. Pode-se acrescentar aqui, apesar de não ser enchido, mas que sempre os acompanha: o presunto.

Estes três produtos fazem parte do quotidiano da Região. Combinados num só petisco constituem uma verdadeira iguaria.


Pão recheado com queijo e enchidos

Ingredientes
• Pão de cabeça, caseiro
• Queijo de ovelha ou de cabra
• Variedade de enchidos
• Maionese qb
• Pimenta qb

Preparação

Corta-se uma “tampa” ao pão, na parte superior.
Retira-se todo o miolo, sem furar a côdea.
Num recipiente à parte, desfarela-se o pão.
Juntam-se-lhe os enchidos sem película e finamente picados e a variedade de queijos sem casca e também picados (se não for mole) e, por fim, umas colheres de maionese.
Amassa-se tudo muito bem, tempera-se a gosto, e reintroduz-se o preparado no interior do pão que vai ao forno bem quente durante o tempo suficiente para derreter o queijo e ligar toda a mistura.
Serve-se bem quente, espalhando-se o recheio com uma colher sobre fatias de pão ou tosta.


A rubrica “Bom Proveito” visa dar a conhecer a utilização dos produtos típicos do concelho de Odemira na confecção dos mais diversos pratos bem como divulgar as suas receitas, elaboradas pelos alunos do curso de Restauração da Escola Profissional de Odemira. Funcionará como repositório escrito da recolha oral elaborada pelos alunos, mantendo viva a memória coletiva do concelho.
Este projecto insere-se no programa de incentivo do estado português à literacia e educação para a comunicação social.

Temas:
Sobre o Autor

A EPO - Centro Escolar e Empresarial do Sudoeste Alentejano tem como missão qualificar cidadãos e profissionais nas diversas áreas, dotando-os de conhecimentos, competências e valores, contribuindo para uma maior qualificação técnica dos recursos humanos da região.

Deixe uma resposta