Instituições sociais do concelho de Odemira irão receber 180 mil euros Apoio para fazer face à situação de emergência da pandemia do coronavírus

O Município de Odemira vai atribuir o apoio financeiro no valor total de 180.000,00€ às nove instituições particulares de solidariedade social (IPSS) do concelho, como medida para ajudar as entidades da economia social a fazer face à situação de emergência perante a pandemia do coronavírus e aos intrínsecos custos acrescidos.

As instituições humanitárias e sociais enfrentam novas dificuldades e carências, sendo previsível um período de crise económica e social que urge minimizar, com medidas de exceção. Assim, o Município de Odemira decidiu apoiar financeiramente as IPSS, através da celebração de protocolos de financiamento.

Os valores serão distribuídos pelas nove instituições, sendo 17.500,00€ para a Associação Humanitária D. Ana Pacheco, Associação de Paralisia Cerebral de Odemira, Associação de Reformados e Idosos de Vila Nova de Milfontes, Associação de Reformados Pensionistas e Idosos de S.Teotónio, Casa do Povo de Relíquias, Casa do Povo de S. Luís e Casa do Povo de S. Martinho das Amoreiras; a Santa Casa da Misericórdia de Odemira receberá o total de 52.500,00€, sendo 17.500,00€ por cada lar (Lar de Odemira e Lar de Colos) e para a Unidade de Cuidados Continuados; a Associação Nossa Senhora do Mar receberá 5.000,00€.

A par desta medida, o Município decidiu igualmente a isenção do pagamento do valor total da fatura de serviços de água, águas residuais e resíduos, referente aos meses de abril a julho de 2020, o fornecimento de equipamentos de proteção individual e a garantia da continuidade dos apoios técnico e financeiro nas obras de ampliação e beneficiação, no âmbito do Portugal 2020, a decorrer em três lares residenciais, nas localidades de Sabóia, S. Martinho das Amoreiras e S. Teotónio.

Sobre o Autor

Em 2015, mercúrio nascia em Odemira como jornal mensal em papel; libertando-se para uma existência apenas digital, com uma presença online renovada e dinâmica, quatro anos depois, corria o mês de Outubro.

Deixe uma resposta