O desenvolvimento da cultura do medronho continua em Sabóia Projeto Inov@sfileiras arranca dia 17 de agosto às 10 horas

O “Projeto Inov@sfileiras – Instalação e desenvolvimento de um pomar de medronheiro”, uma iniciativa integrada na programação da quarta edição do Festival do Medronho, em Sabóia, decorrerá no Auditório da Escola Básica 2-3, dia 17 de agosto das 10h30 às 16h45.

Este evento é organizado pela Arbutus – Associação para a Promoção do Medronho, e constitui mais uma iniciativa de promoção de inovação pelo projeto Inov@sFileiras (um projeto da Rede Rural Nacional financiado pelo PDR2020), no qual a Arbutus é o parceiro responsável pela fileira do medronho.

Apesar da realização de várias formações ao longo dos últimos anos sobre a cultura do medronheiro, tem-se constatado uma procura continuada por informação sobre a instalação e o desenvolvimento de pomares de medronheiro, não só por novos produtores como também por aqueles com plantações já desenvolvidas que desejam inovar e otimizar as suas práticas.

De forma compacta e direcionada, esta jornada de formação vem procurar dar resposta a este interesse, dando particular ênfase às especificidades do contexto de zonas de regeneração natural de medronhal tais como as serras algarvias e as do litoral alentejano.

Animação infantil paralela às sessões para as crianças dos participantes (para maiores de 3 anos)


Programa:
10h30 – Receção dos participantes
10h45 – Sessão de abertura – Afonso Pereira, Arbutus – Associação para a Promoção do Medronho
10h50 – Projeto Inov@sFileiras e plataforma Emed – David Sumares
11h00 – Apoios financeiros à cultura do medronheiro – Maria José Rosa, Associação de Desenvolvimento do Litoral Alentejano
11h15 – Introdução à cultura do medronheiro – Filomena Gomes, Escola Superior Agrária de Coimbra (ESAC)
Pausa de café
11h45 – Clones de medronheiro – Patrícia Figueiredo, GreenClon
12h00 – Instalação e desenvolvimento de pomar – Rosa Guilherme, Escola Superior Agrária de Coimbra (ESAC)
13:00 Almoço oferecido pela Arbutus
14h30 – Constatações e recomendações derivadas da experiência com um pomar de medronheiro no contexto do SW Alentejano – João Silva
14h45 – Mesa redonda e debate: “Pomares organizados de medronheiro em zonas de regeneração natural”
15h45 – Visita de campo a um pomar organizado

Data: 17. 8. 2019
Hora: 10:30 – 16:45
Localização: Auditório da Escola Básica de Sabóia, Sabóia, Odemira
Inscrições: arbutus.associacao@gmail.com / 938 229 782

Organização: Arbutus – Associação para a Promoção do Medronho

Sobre o Autor

Em 2015, mercúrio nascia em Odemira como jornal mensal em papel; libertando-se para uma existência apenas digital, com uma presença online renovada e dinâmica, quatro anos depois, corria o mês de Outubro.

Deixe uma resposta