Reunião de Câmara descentralizada na Freguesia de Relíquias Odemira Participa

Vistas gerais da Aldeia de Reliquias

A primeira reunião da Câmara Municipal de Odemira descentralizada, do ano 2020, irá ter lugar no próximo dia 5 de março, na freguesia de Relíquias.

Estas reuniões nas freguesias, promovidas pela Câmara Municipal, é uma medida do programa municipal “Odemira Participa”, que fomenta a proximidade e descentralização, com o objetivo de envolver a população nas decisões políticas e na gestão do território.

Além da realização da reunião da Câmara Municipal, a iniciativa inclui também a visita ao território da freguesia. A reunião decorrerá na sede da Junta de Freguesia de Relíquias, a partir das 14.30 horas, sendo aberta à participação cívica.

A freguesia de Relíquias tem 931 habitantes (Censos 2011) e uma área de 120 km2. Surge na segunda metade do século XVI, em consequência da reorganização religiosa do país. A aldeia de Relíquias cresceu à volta da igreja, provavelmente assente sobre um povoado de origem bem mais antiga. Nossa Senhora das Relíquias, ou Nossa Senhora da Assunção, é a padroeira da aldeia. No território da freguesia, que marca a mudança de paisagem entre a planície e a serra, encontram-se várias aldeias como Vale Ferro, Pereiro Grande e Ribeira do Salto. É uma freguesia rural, com grande peso da agricultura, pecuária e produção florestal.

Sobre o Autor

Em 2015, mercúrio nascia em Odemira como jornal mensal em papel; libertando-se para uma existência apenas digital, com uma presença online renovada e dinâmica, quatro anos depois, corria o mês de Outubro.

Deixe uma resposta